CORONA VÍRUS COVID-19 – Quais as expectativas para o mercado fotovoltaico?

Firmando nosso compromisso com nossos associados e parceiros de continuar levando informação de qualidade do setor, vamos provar mais uma vez que juntos somos mais que fortes!

Para que isso aconteça o WecClub traz uma série de entrevistas com especialistas e o players do setor de renováveis afim de levar uma luz neste momento tão delicado e jamais vivenciado.

Para abrir nossa série hoje temos um bate papo com Mauro Passos – Presidente do Instituto para o Desenvolvimento de Energias Alternativas na América Latina – IDEAL.

CORONA VÍRUS (COVID-19) – Quais as expectativas para o mercado fotovoltaico?

WC – De 2018 até fevereiro deste ano tínhamos um cenário promissor em energia solar fotovoltaica, com um expoente crescimento em todas as vertentes seja potencia instalada, geração de empregos e novos negócios. O que se espera do cenário atual neste primeiro momento ?

MP – O setor solar fotovoltaico, que entre 2018 e 2019, soube se organizar e enfrentar as dificuldades que surgiram no caminho, cresceu nesse período mais que qualquer outro segmento. Em fevereiro desse ano, com a chegada do coronavírus, tudo mudou. As incertezas em relação a 2020 são enormes. A começar pelo consumo de energia que vai cair, o dólar vai subir e a atividade econômica por inteiro tende a encolher. O PIB já foi revisto de 2% para 0%, o que reforça minhas preocupações.


Quer saber mais sobre o WECCLUB – O clube de vantagens do profissional fotovoltaico? Clique aqui e fique por dentro de todos os benefícios que oferecemos!


Em seu blog Mauro Passos fala mais sobre o Corona vírus:

“Do nada o coronavírus chegou e se espalhou pelo mundo. Dois dos maiores países do mundo, Estados Unidos e Índia, que até então acompanham de longe as movimentações do vírus, passaram a tomar medidas extremas. A realidade nos assusta e suas consequências, mais ainda.”

Acesse: https://lnkd.in/e_GvQYk e leia.